quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Voltando aos anos 80 através do Bom Fim


Nesse final de semana a Epifania Filmes inicia as gravações do seu primeiro longa-metragem "O BOM FIM NOS ANOS 80 - O RASTRO DA CONTRACULTURA" - título ainda provisório, já que algumas dicussões vêm sendo levantadas durante a pesquisa, e outras possibilidades vêm surgindo para dar nome a este projeto, o qual tem todo nosso afeto.

É mais um ciclo que se fecha. A ideia do documentário sobre o movimento cultural que aconteceu no bairro Bom Fim, nos anos 1980, nasceu em 2002, quando ao voltar de uma temporada fora do Brasil, o diretor Boca Migotto se aproximou do amigo Marcelo Martins e, juntos, escreveram a primeira versão desse projeto que foi encaminhado ao Fumproarte. O mesmo foi recebido com entusiasmo pelos avaliadores do Fumproarte já no longinquo ano de 2002, o que os deixou motivados a reescreve-lo e encaminha-lo novamente, com a certeza de que executando os pequenos ajustes solicitados, o mesmo seria aprovado com facilidade. 

E lá se foram 10 anos de tentativas. O projeto conhecido simplesmente como BOM FIM foi encaminhado para inúmeros editais e linhas de incentivo, tentativas de viabiliza-lo de diversas formas, o que nunca se concretizou. No ano passado, finalmente, o projeto foi aprovado no Fumproarte e, neste final de semana, iniciamos as gravações dos depoimentos que nos ajudarão a contar essa história.

O Marcelo seguiu seu caminho e largou o cinema pelas letras. Bela escolha, sempre escreveu muito bem. Já a Natália Guasso e o Lucio Fernandes, parceiros do projeto desde o início, praticamente, fizemos questão de convida-los para, agora, trabalharem na sua realização como pesquisadores.

Juntos nessa estão outros parceiros de sempre, a quem devemos muito e com quem trabalhamos com muita satisfação por serem nossos amigos, além de excelentes profissionais: Fernando Basso, Bruno Polidoro, Drégus de Oliveira e Marcelo Santos.

Paola Oliveira, por sua vez, assina a direção musical do longa, que tem lançamento previsto para 2014.

Acompanhem as gravações do documentário através do Blog da Epifania Filmes e do nosso Facebook.




Nenhum comentário:

Postar um comentário