quarta-feira, 28 de novembro de 2012

CO-PRODUÇÃO MERCADO E ACADEMIA


A Epifania Filmes e a Som de Cinema são parceiros do NAC - o Núcleo de Produção Audiovisual da Faculdade Cenecista, e estão produzindo juntos o documentário "Oficina de Gaitas", sobre cinco ex-funcionários da antiga fábrica de gaitas Todeschini, que ainda sobrevivem afinando e consertando gaitas para artistas de todo o Brasil, Uruguai e Argentina.


O Argumento é de Fernando Basso, com direção coletiva de Ana Cris Paulus, Felipe Gue Martini e Boca Migotto.



Em breve, fotos das gravações.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

TCHECO recebe boa crítica no IV FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DA FRONTEIRA

O curta-documentário Tcheco esteve no IV FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DA FRONTEIRA em Bagé e foi criticado positivamente por um dos maiores críticos de cinema no Brasil. Cid Nader, formado pela Casper Líbero e um dos fundadores do Cinequanonescreveu sobre o curta, no seu site:

"Boca Migotto descobriu um senhor que lutou na Segunda Grande Guerra, foi atrás, fotografou-o e a todo o ambiente onde vive de forma exemplarmente bela e atraente (fotografia do Bruno Polidoro – que, diga-se de passagem, aparece cada vez em maior quantidade de produções gaúchas), sabedor de que trabalhar sobre recordações já é passo interessante e importante quando se deseja alcançar públicos mais desarmados (porque se veem e aos seus antepassados ali). 


E foi tanto pelo acerto na escolha desse senhor - pelo seu modo extremamente emotivo e belo de recontar o que viveu nos momentos finais dos combates na Itália (onde a tropas brasileira, a FEB, executou suas incursões que criaram mais marca), porque é um rascunho exemplar do que se preconiza como ser que vira santo quando envelhece -, quanto no interesse específico e histórico gerado pelos fatos contados por ele, notando ainda o rigor nas imagens e na montagem quase irrepreensíveis, que, ao final, o que se viu em Tcheco consegue fazer percebê-lo como um trabalho importante e de respeito. Fica uma boa marca na retina e na memória".




Leia todas as críticas de Cid Nader sobre os filmes do festival de fronteira, no site do Cinequanon.